BETTER PLASTICS - PLASTICS IN A CIRCULAR ECONOMY

  

  • Designação do projeto |BETTER PLASTICS .: BETTER PLASTICS - PLASTICS IN A CIRCULAR ECONOMY

  • Código do projeto |POCI-01-0247-FEDER-046091 | LISBOA-01-0247-FEDER-046091 

  • Objetivo principal |OT1 - Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

  • Região de intervenção | Norte, Centro, Lisboa, Alentejo

  • Entidade beneficiária | VIZELPAS FLEXIBLE FILMS, S.A.

Copromotores | Vizelpas Flexible Films, S.A. | Danipack – Indústria de Plásticos, S.A. | Ecoibéria – Reciclados Ibéricos, S.A. | Intraplás – Indústria Transformadora de Plásticos, S.A. | Isolago – Indústrias de Plásticos, S.A. | KLC – Indústria de Transformação de Matérias Plásticas, LDA | Logoplaste Innovation Lab, LDA | Neutroplast – Indústrias de Embalagens Plásticas, S.A. | Plasfil – Plásticos da Figueira, S.A. | Plasmaq – Máquinas e Equipamentos para a Indústria de Plásticos, LDA | Plasoeste – Sociedade Transformadora de Plásticos, LDA | Repsol Polímeros, Unipessoal LDA | Sacos 88 – Sociedade de Plásticos, LDA | S.I.E. – Sociedade Internacional de Embalagens, S.A. | Sirplaste – Sociedade Industrial de Recuperados de Plástico S.A. | Sonae MC – Serviços Partilhados, S.A. | PIEP Associação - Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros | Universidade do Minho | Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL) | Universidade Nova de Lisboa | Instituto Superior Técnico | Instituto Politécnico de Leiria | Universidade de Aveiro | Universidade de Coimbra | Associação Portuguesa da Indústrias de Plásticos – APIP

  • Data de aprovação | 09-06-2020

  • Data de início |30-06-2020

  • Data de conclusão | 30-06-2023

  • Custo total elegível | 6.292.661,23 Euros

  • Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 3.785.805,31 EUR

  • Programa financiador | Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI) | Programa Operacional Lisboa (PO Lisboa)

Síntese do Projeto | O projeto BETTER PLASTICS pretende ser o Projeto Mobilizador do Sector do Plásticos em Portugal, capaz de alavancar a transição do sector para uma economia circular. Surge de uma iniciativa da APIP, Associação Portuguesa da Indústria de Plásticos, que pretende através desta candidatura aos Programas Mobilizadores de I&DT, mobilizar o sector privado juntamente com as autoridades nacionais, as universidades e os cidadãos, contribuindo desse modo para os objetivos da Economia Circular Europeia de redução das emissões de gases com efeito de estufa, maior eficiência de recursos e da criação de emprego.

Estrutura do Projeto | PPS 1 – Circularidade pelo Design de Material | PPS 2 - Circularidade pelo Design de Produto | PPS 3 - Circularidade pela Reciclagem | PPS 4 – Circularidade pelas Matérias-Primas Alternativas | PPS 5 – Gestão e Coordenação